O TELETRABALHO ESCRAVO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Manuel Martin Pino Estrada

Resumo

O presente artigo visa mostrar para o leitor que a flexibilidade dos horários no regime de teletrabalho pode ser uma armadilha para o teletrabalhador se este não for bem orientado ou se este tiver muito trabalho para fazer usando o pouco tempo livre que possui além das oito horas diárias. O teletrabalho normalmente é realizado nas empresas de informática através das metas mas, felizmente, a Justiça do Trabalho está fazendo valer o que a nossa Carta Magna determina.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ESTRADA, Manuel Martin Pino. O TELETRABALHO ESCRAVO. Revista Eletrônica da Faculdade de Alta Floresta, [S.l.], v. 2, n. 1, maio 2013. ISSN 2238-5479. Disponível em: <http://www.ienomat.com.br/revistas/refaf3.0/index.php/refaf/article/view/95>. Acesso em: 30 set. 2020.
Seção
Artigos