MULTIPARENTALIDADE: efeitos sucessórios da filiação socioafetiva nas famílias recompostas

  • Daiane Rosa da Silva FADAF
  • Bruna Ramos Vieira
  • Wiltom Machado

Resumo

O presente estudo visa explorar a grande evolução e desenvolvimento das entidades familiares, com um exíguo trajeto e evolução histórica, os principais conceitos relevantes acerca da multiparentalidade, tais como: filhos e afeto, analisando a relevância e as características deste afeto no âmbito jurídico, filhos socioafetivos e biológicos, que se fazem presente em novos arranjos familiares, que no estudo a seguir dará ênfase às famílias recompostas, seus aspectos legais, doutrinários e jurisprudenciais, a importância e as possibilidades jurídicas dos filhos registrados por seus pais biológicos, poderem ser também registrados pelos pais afetivos, obtendo, assim, os mesmos direitos referente à filiação, sucessão, pensão alimentícia e herança.

Publicado
2018-06-29
Como Citar
SILVA, Daiane Rosa da; VIEIRA, Bruna Ramos; MACHADO, Wiltom. MULTIPARENTALIDADE: efeitos sucessórios da filiação socioafetiva nas famílias recompostas. Judicare, [S.l.], v. 12, n. 1, p. 106-125, jun. 2018. ISSN 2237-8588. Disponível em: <http://www.ienomat.com.br/revista2017/index.php/judicare/article/view/62>. Acesso em: 16 nov. 2018.
Seção
Direito Civil