FADAF implanta Incubadora Tecnológica do Agronegócio

  • PDF
  • Imprimir
  • E-mail

Sidney da Silva Chaves – Departamento de Comunicação

Segundo a coordenadora do Curso de Agronegócio,  Marlize Reffatti Zinelli, o objetivo da ITAGRO (Incubadora Tecnológica do Agronegócio) está diretamente ligado à visão e aos objetivos da FADAF, que determina juntamente com o Curso Tecnólogo em Gestão do Agronegócio  as diretrizes básicas para atuação da incubadora, que é o enriquecimento do meio acadêmico, transferência de tecnologia voltados para a comercialização e desenvolvimento econômico regional do agronegócio. A incubadora é uma organização que abriga projetos de produtos e serviços agropecuários, com vistas a facilitar o processo de empresariamento e inovação tecnológica no campo.

Reffatti disse ainda que a metodologia de trabalho da Incubadora consiste no acolhimento e na gestão de projetos relacionados a recursos ambientais, tecnologias agropecuárias, cadeias produtivas do agronegócio, educação ambiental, gestão econômica, avaliação de mercado e setor do agronegócio tendo como foco o apoio ao conhecimento e desenvolvimento de tecnologias aplicadas ao campo. A coordenadora explica que o curso de Agronegócio tem suas atividades voltadas para o gerenciamento destas atividades e dos recursos financeiros. Portanto, desta, Marlize, que a ITAGRO vem incentivar a prática do aluno apoiando o desenvolvimento do conhecimento técnico e cientifico  por meio na vinculação de parceiros e do gerenciamento dos projetos implantados na área pelos acadêmicos.

Atualmente, a Incubadora conta com uma área experimental de 6ha, onde estão sendo desenvolvidos cinco projetos na área ambiental e também social: o Projeto da Horta orgânica solidária; o Projeto de Compostagem orgânica, que usa os resíduos sólidos orgânicos do refeitório; o Projeto de implantação do Sistemas Agro Florestal e o Projeto de Restauração de APP- área de preservação permanente.

Marlize Reffatti relatou que o projeto destaque no momento está sendo desenvolvido pelo aluno Felipe Lopes do curso de Gestão agronegócio, que em parceria com a FADAF e com a AGROMOTOR, empresa parceira da Incubadora. Felipe implantou um Projeto de plantio de milho com sistema irrigado por gotejamento. O objetivo do acadêmico é  testar a eficiência do sistema produtivo e avaliar diferentes índices de adubação. Marlize agradece a todos os envolvidos no Projeto e destaca o trabalho do Felipe e a AGROMOTOR, por acreditar no futuro do agronegócio em nossa região  e pela parceria com a FADAF no Projeto da Incubadora.

 

 

Última atualização em Ter, 22 de Agosto de 2017 15:21